- Quem sou eu

Minha foto
Anápolis, Goiás, Brazil
-Tenho 19 anos,evangélica,cantora, estudante de Letras ... Amo escrever o que penso ^^ sigam - me no twitter @ruth_pekena

Siga-me pelo seu e-mail

- Pesquisa

- Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 15 de abril de 2011

- Bullying, essa brincadeira não tem graça.

  O Bullying é um nome utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, e não tem tradução certa para o português.
A prática do bullying  é diferente para meninos e meninas. Os meninos são mais explícitos, é comum vê-los tirando sarro de alguém na frente de outras pessoas. Já as meninas são mais discretas, a estratégia delas é outra... uma fofoquinha aqui, uma esnobada ali, é assim que elas espalham toda sua maldade.
  
O bullying é praticado também de um professor para um aluno. As técnicas mais comuns são:
 Intimidar o aluno em voz alta rebaixando-o perante a classe e ofendendo sua auto-estima. Uma forma mais cruel e severa é manipular a classe contra um único aluno o expondo a humilhação;
 Assumir um critério mais rigoroso na correção de provas com o aluno e não com os demais. Alguns professores podem perseguir alunos com notas baixas;
 Ameaçar o aluno de reprovação;
 Negar ao aluno o direito de ir ao banheiro ou beber água, expondo-o a tortura psicológica;
 Difamar o aluno no conselho de professores, aos coordenadores e acusá-lo de atos que não cometeu;
 Tortura física, mais comuns em crianças pequenas. Puxões de orelha, tapas e cascudos;

Veja algumas definições para bullying.
 colocar apelidos                                               
 ofender                                       
 zoar                                             
 encarnar
 sacanear
 humilhar
 fazer sofrer
 discriminar
 excluir
 isolar
 ignorar quebrar pertences

Alguns sinais são comuns como a recusa da criança de ir à escola ao alegar sintomas como dor de barriga ou apresentar irritação, nervosismo ou tristeza anormais.
Mais eis a questão, a vítima de bullying deve ou não contar aos pais?

As crianças ficam muito intimidadas. Se tiver coragem é necessario que os pais fiquem sabendo, pois eles podem ajudar bastante. A diretoria da escola também deve ser avisada, principalmente quando os casos são mais graves. Ficar quieto e aceitar todos os tipos de maldade é o comportamento mais incorreto.

Outra face do bullying, é o Cyberbullying, que também tem se tornado cada vez mais comum.
Abaixo segue um vídeo sobre este assunto, vale a pena assistir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário